Minuto de Saúde: Tratamento de arritmias

 
 

O Dr. Eustáquio Ferreira Neto, cardiologista e arritmologista, lista neste breve vídeo as principais possibilidades de tratamento das arritmias cardíacas. Assista, curta e compartilhe com família e amigos. Você pode ver outros vídeos e orientações do Dr. Eustáquio no perfil dele em nosso site.

Prolapso da válvula mitral: o que é? Tem tratamento?

 
 

Prolapso da válvula mitral é grave? Você sabe o que é prolapso de valva mitral? Quais os sintomas do prolapso da válvula mitral? O Dr. André Wambier, cardiologista, explica o que é prolapso da válvula mitral, os sintomas e a gravidade do quadro.

Olá! Hoje eu vou falar sobre o prolapso da valva mitral. O prolapso da válvula mitral é a anormalidade cardíaca mais comum, afetando entre 2 e 10% da população. As válvulas cardíacas são como portas que abrem e fecham de acordo com os batimentos cardíacos. Elas abrem para que o sangue seja expelido e elas fecham para que o sangue não volte para a câmara prévia, ou átrio ou ventrículo. A valva mitral está entre o átrio esquerdo e o ventrículo esquerdo. O prolapso acontece quando a válvula mitral é formada de forma anormal, e seus folhetos são muito grandes. Por isso um ou os dois folhetos da válvula, ou seja, parte da “porta” se abaula ou prolapsa-o para o átrio esquerdo, tipo um para quedas, quando o coração se contrai.

O grau do prolapso é variável. Às vezes este prolapso pode ter um sopro, ou, em termos médicos, refluxo mitral. Isso acontece quando os folhetos não se encostam do jeito correto. Na maioria das pessoas o prolapso não causa problemas mais sérios, mas em uma pequena porção dos pacientes pode requerer tratamento ou até mesmo cirurgia.

Quais são os sintomas do prolapso da válvula mitral? Embora o prolapso, se encontre, na maioria das vezes, desde o nascimento, a maioria das pessoas não tem sintomas. Quando elas são diagnosticadas podem até se sentir surpresas. Mas têm pessoas que sentem alguma coisa- sintomas como palpitações, arritmias, cabeça vazia, tontura, fadiga, dor no peito, falta de ar durante as atividades físicas, tudo isso pode ser sintoma do prolapso da valva mitral. E se você estiver sentindo alguma coisa semelhante, procure seu cardiologista para melhor investigação.

Você tem prolapso da valva mitral? Conhece alguém que tenha? Deixe seu comentário. Meu nome é André Wambier, cardiologista.

Minuto de Saúde: Quais os benefícios da atividade física?

 
 

A pergunta de hoje é: atividade física — quais os benefícios de fato? Já está mais do que provado que praticar exercícios faz bem para a saúde em vários aspectos — o mais importante deles é a diminuição da mortalidade. Quem pratica atividade física regularmente tem menores taxas de mortalidade quando se compara com pessoas sedentárias, coisa de 20% a 30% de redução de mortalidade. Um exemplo foi um grande estudo feito há alguns anos na Inglaterra e na Escócia com mais de 64 mil participantes que mostra exatamente esse efeito positivo. E mais: já foi melhor mesmo para os que não faziam a quantidade ideal recomendada. Além de maior sobrevida, quem faz atividade física regular tende a controlar melhor o peso, ajuda no controle de doenças crônicas — como, por exemplo, hipertensão e diabetes — e ajuda até mesmo a prevenir certos tipos de câncer, e ainda melhora a qualidade do sono e a disposição.

Colesterol alto faz bem? Estatinas fazem mal?

 
 

Colesterol alto faz bem para a saúde? E as estatinas — fazem mal e seriam na verdade um veneno? O Dr. André Wambier, médico cardiologista, aborda esses tópicos neste vídeo. Não deixe de assistir; compartilhe as informações com a família e os amigos.

Minuto de Saúde: Aspirina faz bem para o coração?

 
 

"Ouvi dizer que tomar um comprimido de aspirina ao dia é bom para o coração – eu devo usá-la?" O Dr. Ivan Penna, cardiologista, responde a essa pergunta de paciente na edição mais recente do Minuto de Saúde Cardio DF. Não deixe de ver e compartilhar as informações com amigos e família.


Dr. Ivan Penna

Formação e títulos

  • Medicina pela Universidade Federal de Uberlândia MG (UFU), 2001 - 2007
  • Residência em Clínica Médica pela Faculdade de Ciências Médicas Santa Casa de São Paulo, 2008 e 2009
  • Residência em Cardiologia pelo Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, 2010 e 2011
  • Médico Cardiologista Concursado do Senado Federal desde 2012

Busca

Síndrome vasovagal IV: Como tratar

 
 

Como tratar a síndrome vasovagal? (A síndrome vasovagal, se você não se lembra, é aquela doença cuja principal manifestação é o desmaio – ou síncope.) A Dra. Patricia Rueda, cardiologista e arritmologista, fala sobre o tema neste 4º vídeo que aborda questões relacionadas à síndrome. Entenda o assunto, deixe seu comentário e compartilhe as informações com a família e os amigos. ara ver os outros vídeos da série sobre síndrome vasovagal, visite nosso site o perfil da Dra. Patricia Rueda.


Dra. Patricia Rueda

Formação e títulos
Medicina: Universidade Federal de São Paulo - Escola Paulista de Medicina, 2002 - 2007 / São Paulo - SP
Clínica Médica: Universidade Federal de São Paulo - Escola Paulista de Medicina, 2008 - 2010 / São Paulo - SP
Cardiologia: Instituto do Coração - Universidade de São Paulo (InCor-FMUSP), 2011 - 2013 / São Paulo - SP
Arritmia e Estimulação Cardiaca - Enfoque Clínico: Instituto do Coração - Universidade de São Paulo (InCor-FMUSP), 2013 - 2014 / São Paulo - SP
Título de Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia, 2013
Título de Especialista em Arritmia Clinica pela Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas, 2014
CRM-DF: 20.868

Onde atende
Hospital do Coração do Brasil (HCBr)

SHLS 716, Conjunto G, Lote 6.
Asa Sul, Brasília (Mapa)

Centro Brasileiro Cardiovascular (CBCor)
SGAS 915, Lote 69 A, Salas 107-117,
Edifício Advance, Asa Sul, Brasília (Mapa)


Busca